top of page

Parashat Pills: Re'eh (Veja)


Shabat shalom! Nossa porção da Torá nesta semana é a Parashat Re'eh (do hebraico רְאֵה, “veja”) começa: “Veja, eis que hoje eu ponho diante de vós a bênção e a maldição; a bênção (do hebraico “brakhah”, הַבְּרָכָה), quando cumprirdes os mandamentos do Senhor vosso Deus, que hoje vos mando, porem, a maldição (do hebraico “kelalah”, הַקְּלָלָה), se não cumprirdes os mandamentos do Senhor vosso Deus, e vos desviardes do caminho que hoje vos ordeno, para seguirdes outros deuses que não conhecestes.” (Dt 11: 26-28).

Obtemos a bênção de Deus (ou seja, brakhah) quando obedecemos ao SENHOR, e nossa decisão de obedecer manifesta o modo de caminhar em estado de benção, diante da Presença de D’us. O objeto direto et (את)) antes da palavra “bênção” alude a as bênçãos de “Alef a Tav” - Princípio ao fim - que é de Yeshua, como descrito em Levitico. 26: 3-13; Como o rei Davi disse: “Tenho posto o Senhor continuamente diante de mim…” (Salmo 16 : 8), Davi fez a escolha de "pôr" o Senhor diante de seus olhos, pois entendeu que abrir os olhos para a realidade era o único caminho de bênção.

Por outro lado, obtemos a maldição de Deus (ou seja, kelalah) quando fechamos os olhos e "esquecemos" que o Senhor está sempre presente. Suprimir a verdade de Deus invariavelmente leva à idolatria, ou seja, à auto-exaltação.

Observe que a palavra raiz da palavra "maldição" (kalal) significa ser tratada de pouca importância e, portanto, "ratifica" a atitude do coração rebelde em relação a Deus. Isso é, somos ignorados pelo Senhor como o ignoramos, assim como vimos por Ele quando realmente buscamos o Seu rosto (Isaías 55: 6-7).

Portanto, vemos que a bênção ou a maldição realmente provém de nossa própria decisão interior (do hebraico, livre arbítrio, בְּחִירָה חָפשִׁית), e Deus estabelece o caminho que escolhemos. Como o rei Davi disse: “O Senhor é a porção da minha herança e do meu cálice; tu sustentas a minha sorte.” (Salmo 16: 5), e Salomão escreveu: “O coração do homem planeja o seu caminho, mas o Senhor lhe dirige os passos.” (Pv 16: 9).


57 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page